© AVANGI CULTURAL

 contato@avangicultural.com | skype: avangi_cultural

  • Facebook | Letras e Becos
  • Youtube | Letras e Becos
  • Instagram | Avangi Cultural

photo: Sonia Bischain

rakayakini@gmail.com

   Poet, writer, art-educator, and cultural producer. She is the co-founder of Coletivo Literário Sarau Elo da Corrente. Author of books: Sagrado Sopro – Do solo que renasço (Elo da Corrente Edições, 2014) and Duas gerações sobrevivendo no Gueto (Elo da Corrente Edições, 2008), co-authored by Soninha M.A.Z.O.

    Poeta, escritora, arte – educadora e produtora cultural. Cofundadora do Coletivo Literário Sarau Elo da Corrente. Autora dos livros: Sagrado Sopro – Do Solo que renasço (Elo da Corrente Edições, 2014) e Duas Gerações Sobrevivendo no Gueto (Elo da Corrente Edições, 2008) coautoria de Soninha M.A.Z.O.

 
 
From the earth I am reborn
Da terra que eu renasço

Soil that made me

Like the black mother that softens the clay

Re-covers my heart with steel walls

So that no hug blinds me

That in the sacred waters

Bathe me, water me,

Firm earth that regenerates me

Transforms my rage in soot

Buries around my sentences

Do not isolate me on the hardest trail

And shield, shield my life entirely.

Solo que me fez
Como a mãe preta que amacia a argila
Revista meu coração com paredes de aço
Pra que nenhum abraço me cegue
Que sejam nas águas sagradas
Me banha, me rega,
Terra firme que me regenera
Transforma minha fúria em fuligem
Enterra por aí minhas sentenças
Não me isola na mais árdua trilha
E blinda, blinda todinha a minha vida.

Raquel Almeida

Text originally published in the book / texto originalmente publicado no livro Sagrado Sopro - do solo que renasço (2015)

I need to drink off the ancestral fountain

I need to drink from the ancestral fountain

To eat beans mixed with yucca flour

Mashed by fingers

Fish with coconut and dendê palm oil

I need to drink from this fountain

To bathe in basil

To nestle on your lap

Asking for protection

I need to be nourished by this fountain

To listen to stories

To deliver them in dreams and pride

To rock myself in your memories

To harvest future fruits

I need to drink from this fountain

Maternal fountain of inspiration

Prudence

To be reverent

You are the bird that listens to the ancestors and descendants

I need to drink from your fountain...

To my grandma Adélia

Preciso beber da fonte ancestral

       À minha vó Adélia

Preciso beber da fonte ancestral
Comer feijão com farinha
Amassado entre os dedos
Peixe com coco e dendê
Preciso beber dessa fonte
Tomar banho de manjericão
Me encolher no teu colo
Pedindo proteção
Preciso me alimentar dessa fonte
Ouvir tuas histórias
Transmiti-las em sonho e orgulho
Me embalar nas tuas lembranças
Colher frutos futuros
Preciso beber dessa fonte
Fonte materna de inspiração
Prudência
Fazer reverência
És a ave que escuta os ancestrais e a descendência
Preciso beber da tua fonte...

Raquel Almeida

Text originally published in the book / texto originalmente publicado no livro Sagrado Sopro - do solo que renasço (2015)